Skip to content Skip to footer

A MÃO SUL-AFRICANA

Author: Miguel Júnior

O ENVOLVIMENTO DAS FORÇAS DE DEFESA DA ÁFRICA DO SUL NO SUDESTE DE ANGOLA (1966-1974), UM ESTUDO DE CONTRAINSSURREIÇÃO

11,50 

Informação adicional

ISBN 978 989 8219 46 6
Peso 288 g
Dimensões (C x L x A) 170 × 240 mm
Autor

Nº de Páginas

160

Data

2014

Acabamento

BROCHADO

Em Stock

Descrição

Os movimentos de libertação nacional de Angola deram início à luta armada em 1961, tendo as Forças Armadas Portuguesas ripostado com medidas de contrainsurreição e contado, nessa sua luta contra os movimentos de libertação, com o auxílio da África do Sul. Com efeito, no período de 1966 a 1974, as Forças de Defesa de África do Sul envolveram-se nas ações de contrainsurreição que as Forças Armadas Portuguesas desencadearam contra os movimentos de libertação de Angola (MPLA, FNLA e UNITA), no contexto da luta que as Forças de Defesa da África Sul levavam então a cabo contra a SWAPO, organização que utilizava o território de Angola para se infiltrar no Sudoeste Africano. Por isso, a participação da África do Sul no esforço de guerra contra os movimentos de libertação em Angola enquadrou-se numa perspetiva de defesa antecipada e prevenção contra eventuais cenários de ameaça no Sudoeste Africano e na África do Sul.
A análise que ora se empreende do envolvimento das Forças de Defesa da África do Sul na campanha de contrainsurreição levada a cabo pelas Forças Armadas Portuguesas visa, por isso, não só identificar a natureza desse envolvimento, mas também descortinar as lições a extrair do ponto de vista da guerra de contrainsurreição.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A MÃO SUL-AFRICANA”
0.0/5

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *